Category Archives: Uncategorized

Pizza low carb

Continuando com as receitinhas low carb, mais uma deliciosa para a coleção. Dessa vez uma “massa” de pizza muito fácil.

Pode ser feita só na frigideira, mas se quiseres uma base mais durinha, é só colocar no forno para dourar dos dois lados.

Ingredientes

1 colher de sopa de farinha de coco ou castanha de cajú

1colher de sopa de farinha de amêndoa

1 colher de sopa de queijo parmesão

2 ovos

1 colher de sobremesa de fermento químico (baking powder)

Sal à gosto e azeite para untar a frigideira

Modo de Preparo

Bata com um fuê todos os ingredientes exceto o fermento. Quando estiver bem misturado, acrescente o fermento.

Aqueça uma frigideira tamanho médio, untada e despeje a mistura. Cozinhe em fogo baixo, com a frigideira tampada, por uns 7 minutos.

Pré-aqueça o forno a 400F/ 205C.

Numa forma de pizza com furo ou numa forma forrada com papel pergaminho, vire esta a massa já cozida.

Asse por uns 5 minutinhos, retire e recheie ao seu gosto. Asse até dourar.

Pão oco low carb

Se eu vejo receita nova na área, já quero fazer! Se eu tenho os ingredientes, já me mando para a cozinha e faço acontecer. Quando não dá certo a receita, nem publico aqui no meu caderninho virtual.

Bem, esse pão que não leva ovos e fica crocante, me chamou muito atenção. Comprei o que eu não tinha e fui arriscar a receita. Quase que foi uma receita falha. Quase… mas no final deu certo. E identifiquei o meu erro na hora e consertei. Desliguei bem antes do tempo e adivinha? Murcharam. Mas nem tirei do forno e imediatamente liguei de novo e deixei mais uma meia hora. Resultado: ficaram ocos e crocantes como eu vi na receita que peguei.

Conversando com a minha irmã, ela já fez algumas vezes essa receita e teve resultados satisfatórios e outros nem tanto. Então fica por sua conta e risco querer tentar faze-los. Se der certo, tenho certeza que irá comer sem parar (foi o que eu fiz).

Ingredientes

180ml de água

3 colheres de sopa de farinha psyllium husk

2 colheres de sopa de farinha de castanha de caju ou farinha de amendoim

2 colheres de sopa de farinha de linhaça

40 gr de queijo ralado

2 colheres de sopa de creme de leito

1 colher de sopa de fermento em pó

Pitada de sal

Modo de Preparo

Numa frigideira (antiaderente), em fogo baixo, coloque a agua, farinhas, queijo e o sal. Misture bem e cozinhe por uns 2 ou 3 minutos até virar uma “gororoba”.

Coloque na batedeira e acrescente o creme de leite. Bata bem. Acrescente o fermento e bata até misturar bem.

Com um pouco de azeite nas mãos, faça bolinhas do tamanho de uma bola de ping pong e coloque em forminhas de muffin, pode ser de silicone ou com papel/cestinha de pergaminho. Opcional: acrescente sementinhas de gergelim por cima.

Preaqueça o forno à 450F/235. Coloque no forno e aguarde uns 10 minutos ou mais até crescerem bem. Essa parte é legal! Parece uma experiência de ciências! Crescem muito rápido. Alguns até chegam a grudar no outro.

Depois de uns 10 minutos, diminua o forno para 150C/300F, e deixe por 50/60 minutos até ficarem crocantes. Retire do forno e sirva-os.

Espero que dê certo! Boa sorte.

Bolo de chocolate low carb com recheio de coco

Amei, amei, amei essa receita. Estou numa fase bem low carb. Evitando ao máximo os carboidratos ruins e estou me sentindo muito bem. Tenho evitado doces também, e quando como, prefiro ingerir um pedaço de chocolate 100% (totalmente sem açúcar). Sei que muitos não conseguem, mas eu já me acostumei há anos comendo esse chocolate super amargo.

Mas não é o caso dessa receita. Aqui utilizei o chocolate 85%, mas você pode colocar o 70% se quiseres. E como adoçante, usei o erythritol. Também este pode ser substituído pelo adoçante de sua preferência.

Ingredientes do bolo

4 ovos

150g de chocolate 70% derretido

1 colher de sopa de manteiga

1 colher de sopa de adoçante

1 colher de sobremesa de fermento em pó

Ingredientes do recheio

400g de creme de leite de lata ou caixinha

2 gemas

1 xícara de coco ralado no grosso

1 colher de adoçante

Ingredientes da cobertura

70g de chocolate chips (gotas) para derreter

1 colher de sopa de manteiga de cacau ou óleo de coco

Modo de Preparo

Na batedeira, adicione o chocolate derretido, ovos, adoçante e a manteiga. Bate bem até ficar uma massa cremosa. Adicione o fermento e misture bem.

Unte uma forma pequena ou coloque papel pergaminho na parte debaixo (assim ajuda na remoção). Preaqueça o forno à 180C/350C e asse por uns 20/30 minutos dependendo do seu forno. Faça o teste do palito para ver se sai limpo.

Enquanto o bolo assa, faça o recheio. Numa panela funda (o meu espirrou bastante), coloque o creme de leite, gemas e o coco. Coloque em fogo médio e mexa sem parar. Até engrossar. Acrescente o adoçante e desligue. Espere esfriar, coloque na geladeira para “engrossar” mais. Reserve.

Corte o bolo ao meio com uma faca comprida ou fio dental. Espalhe o recheio, e coloque a outra camada do bolo por cima. Com cuidado, já corte em 16 pedaços, mas mantenha-os no lugar.

Faça a cobertura derretendo o chocolate e manteiga de cacau no banho-maria. Assim que derreter bem, desligue o fogo e espalhe bem pelo bolo.

Sirva depois que a cobertura secar. Também pode colocar na geladeira. O chocolate ficará mais duro. Tire um pouco antes de servir.

Biscoito low carb de linhaça

Esse biscoito salgado sacia a fome e é low carb! A base dele é farinha de linhaça e água. Os temperinhos ficam ao seu critério. Esse que fiz, coloquei tomate seco e orégano, tipo sabor pizza.

Ingredientes

1 1/2 xícara de farinha de linhaça dourada

OU 1 xícara de farinha de linhaça normal e 1/2 xícara de farinha de gergelim

1 colher de sopa de orégano

1/2 colher de sobremesa de sal

2 colheres de sopa cheias de tomate seco picadinho

1/2 xícara de água

Modo de Preparo

Numa tigela, coloque todos os ingredientes secos e vá adicionando a água. Misture bem até formar uma bola.

Com a ajuda de um cortador de cookie, faça os biscoitinhos do tamanho que quiseres.

Forno pré-aquecido à 200C/390F e asse por volta de 30 minutos.

Você pode variar o sabor, como adicionar queijo ralado, manjericão, pedacinhos de bacon, cebola desidratada, …

Picles de Cebola Roxa

Aqui em casa adoramos essa cebola. Usamos especialmente quando fazemos tacos Mexicanos, e colocamos por cima. Também gosto de servi-la com uma carne de porco que faço com um molho a base de urucum.

Mas pode servir como acompanhamento com qualquer prato. É uma adição deliciosa!

Ingredientes

2 cebolas roxa grandes

2 xícaras de água

1/2 xícara de vinagre vermelho de vinho

1/2 colher (sopa) de sal

Opcional: sementes de mostarda e bolinhas de pimenta do reino integral

Modo de Preparo

Corte em tiras finas as cebolas e coloque-as numa vasilha.

Numa panela no fogo médio, coloque o vinagre, sal e água e ferva. Desligue em seguida.

Coloque a cebola num pote de vidro grande e encha o pote até a boca com o líquido da panela. Se quiseres, adicione a mostarda ou a pimenta do reino.

Coloque na geladeira. Já pode ser servido depois de umas 6 horas de curtido.

Repolho e Cenoura Fermentados

Alimentados fermentados fazem muito bem para a nossa flora intestinal. Podem ser servidos em todas as refeições como acompanhamento.

Ingredientes:

1 repolho médio

3 cenouras

2 colheres (sopa) de sal

Opcional: kümmel (caraway seeds)

Modo de Preparo

Rale as cenouras e coloque-as numa vasilha bem grande. Corte o repolho em tirinhas bem fininhas ou pode também passar no ralador do processador. Também adicione o repolho junto com a cenoura na tigela.

Adicione o sal e massageie os vegetais com as mãos. Se quiseres, pode adicionar sementinhas de kümmel. Coloque a mistura em potes de vidro com tampa, empurrado para baixo. Deixe um pouco de líquido se formar por cima dos vegetais. Feche.

Deixe 3 dias em temperatura ambiente para poder começar a fermentação. Após, coloque o pote (s) na geladeira. Pode-se aguardar mais uns dias para servir .

Pão Proteico

Simplesmente amei esse “pão”! Ficou muito saboroso e com a textura e aparência de pão. O mais interessante é que basicamente só leva frango e ovos!

Ingredientes

4 ovos

300g de frango cozido (aproveitei e temperei a água para o cozimento, para fazer um caldo de galinha)

1 colher de sopa de Azeite de Oliva

Sal e temperos (orégano) a gosto

1 colher de sobremesa de fermento em pó

Modo de Preparo

Bata no liquidificador os ovos e o frango cozido, já em pedaços pequenos. Adicione os demais ingredientes e bata bem.

Unte uma forma anti-aderente com azeite (só uma passadinha leve) e despeje a mistura.

Fiz em 2 formas pequenas no formato de pão.

Asse em forno pré-aquecido à 200°C/395°F por uns 20 minutos até dourar.

Após frio, guarde na geladeira.

Caldo de galinha da sobra do cozimento do frango

Sagu 3 leites

Meu sagu preferido sempre foi o de vinho. Mas este fiz para o meu esposo e para as crianças. Eles estavam acostumados a comer um mingau de tapioca, que é feito com a tapioca granulada. Nunca haviam experimentado nessa versão da bolinha maior (sagu). Foi aprovadíssimo!

Ingredientes

1 1/2 xícara de sagu (tapioca pearls)

1 lata de leite de coco 400ml

1 lata de leite condensado

1 1/2 litro de leite

2 pauzinhos de canela

Modo de Preparo

Coloque o sagu numa vasilha, cubra com água e deixe por 1 hora para amolecer.

Uns 10 minutos antes de dar essa hora, coloque os demais ingredientes numa panela bem grande e mexa de vez em quando. Quando ferver, acrescente o sagu já hidratado (escorra a água se necessário).

Mexa até dar uma leva engrossada e desligue. Lembre-se que após esfriar um pouco, o sagu continuará a engrossar.

Se quiseres acrescentar algo na hora de servir, uma manga cortadinha em cubos combina muito bem.

Crepe Paleo

Hoje acordei com vontade de comer uma panqueca, mas daquelas mais fininhas. Na verdade, queria um crepe. Tinha uma banana da terra (plantain) na minha fruteira e resolvi inventar uma receita, utilizando-a. A primeira tentativa não deu muito certo, mas assim que adicionei mais um ingrediente, ficou perfeita! E ainda matei minha vontade!

Ingredientes

1 banana da terra meio madura (plantain)

1 xícara de bebida de leite de coco ou outro leite alternativo de sua preferência

1 ovo

2 colheres de farinha de mandioca branca (cassava flour)

1 xícara de polvilho doce (tapioca flour)

1 colher de sopa de açúcar de coco ou mel

Modo de Preparo:

Coloque todos os ingredientes no liquidificador ou mixer e bata bem. Aqueça uma frigideira e passe com ajuda de um papel toalha, um pouco de oleo de coco ou manteiga. Despeja uma pequena quantidade dessa massa batida no meio da frigideira e vá espalhando para as bordas.

Aguarde uns minutinhos até que comece aparecer bolhas e ficar dourado na borda. Vire com ajuda de uma espátula.

Mais um minutinho e está pronta! Continue com o restante na massa.

Pode servir com xarope de maple, mel, frutas, castanhas, geléia, ou com o que quiser.

Eu joguei por cima do crepe, um delicioso xarope de tâmaras (dates). Ficou divino!

Pãozinho de Queijo Falso

Esse pãozinho ficou muiiiito parecido com o nosso querido pão de queijo. Mas não leva nada de queijo! Essa receita é boa para quem tem problemas com ingestão de laticínios. Ou para os Veganos.

Ingredientes:

Mandioquinha (batata baroa) – 3 unidades (250 g)
Polvilho doce – 1 1/3 xícara (150 g)
Polvilho azedo – 2/3 xícara (100 g)
Azeite de oliva – 70 ml
Água – 40 ml
Sal – 1/2 colher de sobremesa

Modo de Preparo
1- Descasque a mandioquinha e corte em pedaços pequenos. Se quiseres, pode colocar um pouco de sal na água.
2- Transfira para um panela e cubra com água. Leve ao fogo médio e cozinhe até ficar macio.
3- Escorra a água e amasse bem com um garfo até obter um purê liso. Se você tiver um espremedor de batata pode usar para amassar.
4- Transfira para um recipiente grande e adicione os demais ingredientes. Comece misturando com uma colher até formar grumos, depois misture com as mãos esticando e sovando até obter um bola de massa lisa e homogênea.
5- Preaqueça o forno a 180 ºC.
6- Com as mãos, modele a massa em formato de bolinhas. Disponha nas assadeiras, não precisa untar, deixando espaço entre cada uma para não grudar quando crescer. Usei como sempre uso, o tapetinho de silicone na forma.
7- Leve ao forno preaquecido por cerca de 30 min ou até ficarem dourados.
8- Retire do forno e sirva ainda quente.

Rende por volta de 20 / 25 pãezinhos

Pão Achatado

Adorei esta versão sem glúten do pão achatado. A diferença entre este e o pão pita, é que o pão achatado não leva nenhum tipo de fermentação. Basicamente é feito de farinha, água e sal. Mas nessa versão, troquei a farinha de trigo pela de mandioca e a água, pelo leite de coco. Todos daqui de casa, testaram e aprovaram também. Ficou bom como sanduíche e também quando cortado em pedaços com molho de pepino, estilo Grego.

Ingredientes

3/4 de xícara de polvilho doce

3/4 de xícara de farinha de mandioca branca

400ml de leite de coco

1 pitada de sal

Modo de Preparo

Misture todos os ingredientes em uma tigela. Certifique-se de que a massa esteja parecida com massa de bolo, não tão grossa. Adicione água ou mais leite, se necessário.
Despeje massa suficiente na frigideira para cobrir o fundo da frigideira, uns 1/2cm de altura. Este pão é um pouco mais grosso do que os crepes.
Cozinhe por 3-4 minutos de cada lado, ajustando o tempo para mais de 4 min se a massa não parecer completamente seca ao virá-la, e ajuste o tempo para baixo se houver muitas manchas marrons ou pretas. Manchas pretas ou marrons são totalmente OK! Só não deixa queimá-las!
Você notará que o tempo de cozimento diminuirá à medida que continuar a cozinhar os pães, pois a frigideira ficará mais quente. Se o pão estiver pegajoso por dentro, ele precisa ser cozido por mais tempo. (Isso tudo parece meio complicado, mas acredite em mim, você vai descobrir depois de alguns - são apenas diferentes panelas, farinhas de mandioca, leites de coco, quantidade de calor, etc, tudo o torna um pouco diferente para cada pessoa).

Opcional: colocar 2 talos picadinhos de cebolinha na massa. Ficaram maravilhosas. Fiz 2 pães sem, e 2 com cebolinha.
Utilizei esse pão no lugar no pão pota para um sanduíche com frango, salada e molho de pepino.

Rendimento: 4 pães

Fermento natural “Sourdough Starter”

Sempre tive curiosidade para aprender a fazer o tal do pão com fermentação natural. Mas quando via que a receita do fermento levava dias para ficar pronta, eu já desistia. Normalmente gosto das coisas para ontem, mas nessas condições que estamos vivendo agora, ficando mais em casa por causa da pandemia, tive esse tempinho extra e tranquilo para fazer o fermento.

Assim que o fermento (starter) ficou pronto, já fiz um pão logo em seguida. E também já testei esse fermento e o seu descarte em várias outras receitas, tais como: waffles, pretzels e foccacia. Todas foram um sucesso aqui em casa.


Ingredientes
Aproximadamente 2 xícaras de farinha de trigo branca
Aproximadamente 2 xícaras de farinha de trigo integral
água filtrada

Instruções
Dia 1 – Misture numa pote grande com tampa, a mesma quantidade de farinha branca com a farinha de trigo integral, resultando aproximadamente numas 4 xícaras desta mistura.

Num vidro cilíndrico com tampa, misture 1/2 xícara da farinha e 1/3 xícara de água filtrada. Use uma espátula para mexer vigorosamente a farinha e a água. Raspe as laterais do frasco e cubra com a tampa meio solta. Coloque o frasco num local fresco e sombreado por 24 horas.

Dia 2 – De manhã, mexa bem para incorporar o ar na mistura, raspe as laterais da jarra e cubra com uma tampa solta. Coloque o frasco em um local fresco e sombreado por 24 horas. Essa mistura agora se chamará starter.

Dias 3 ao 7 – Manhã – Descartar e alimentar Prepare um frasco (de vidro e cilíndrico) limpo, e adicione o seguinte: 3 colheres de sopa de STARTER (40 gramas), 1/2 xícara de farinha (dessa misturada branca + integral) (80 gramas), 1/3 de xícara de água filtrada (80 gramas) . Mexa vigorosamente com uma espátula. Raspe as laterais da jarra e cubra com uma tampa meio solta. Deixe descansar por 12 horas. Tarde – Alimentação para a jarra do STARTER, adicione: 2 colheres de sopa de farinha e 1,5 colher de sopa de água filtrada. Mexa vigorosamente com uma espátula, raspe as laterais e cubra com uma tampa solta. Deixe descansar por 12 horas.


Dia 8 – Realize o teste de flutuação colocando 1 colher de sopa desse STARTER numa tigela com água em temperatura ambiente. Se flutuar, está pronto para assar pão. Veja minha receita para pão de fermento para iniciantes. Se não flutuar, continue a descartar e alimentar todos os dias até que passe no teste.

 

Mel de Cenoura para o Cabelo

1 cenoura em rodelas
Açúcar o suficiente

Como fazer:

Construir camadinhas começando pelo açúcar no fundo do recipiente, depois uma camada de cenoura e assim se repete até acabar, finalizando com o açúcar por cima. Deixe por 24 horas na geladeira e depois desse tempo coem a cenoura. Depois só retornar ao pote o mel prontinho. Pode guardar na geladeira por 1 mês.

Os benefícios do mel:

Traz brilho aos fios.
Alinha o cabelo.
Ajuda no crescimento e fortalecimento dos fios.

Como utilizar

Acrescentando na misturinha da máscara de hidratação, e fazendo o processo normal  como faria hidratando o cabelo (touca térmica,  plásticofilme , ou deixar por várias horas). Enxague.

Ou

Colocando antes de lavar os fios como se fosse uma umectação, fazendo massagem durante uns 3 a 5 minutos, e deixar por 2 horas. Depois enxaguar.

Tortillas Mexicanas

Tortillas é a base da gastronomia Mexicana. São tantos e tantos os pratos que levam essa delícia, que ficaria o dia inteiro citando-os. Acho que a maioria das casas aqui nos EUA, tem um saquinho de tortillas nas suas geladeiras. Dá para preparar rapidamente uma quesadilla (feita dobrada na chapa ou frigideira, com queijo dentro ou algum tipo de carne), ou um taco (esse utiliza a tortilla só aquecida e se coloca alguma carne, salsa Mexicana, cebola e coentro picadinho, dentro, formando um “barquinho”).  Sei que o acesso no Brasil é mais difícil, então gostaria de compartilhar essa receita com todos vocês.

Ingredientes
3 xícaras de farinha de trigo
1 colher de chá de sal
1 colher de chá de fermento em pó (baking powder)
1/3 de xícara de óleo vegetal ou banha
1 xícara de água quente

Modo de Preparo
Na tigela da batedeira equipada com o gancho de massa, misture a farinha, o sal e o fermento. Misture bem.
Com a batedeira em velocidade média, adicione óleo e água. Misture por 1-2 minutos, parando pelo menos uma vez para raspar as laterais da tigela. Depois que a massa começar a formar uma bola, reduza a velocidade do misturador para baixa e continue a misturar por 1-2 minutos, até que a massa fique lisa.
Transfira a massa para uma superfície enfarinhada. Divida em 16 partes iguais. Enrole cada porção numa bola e achate-as. Cubra os discos com um papel toalha/pano de prato úmido, pelo menos 15 minutos e até uma hora.
Aqueça uma frigideira grande de ferro fundido em fogo médio-alto. Utilize a máquina de abrir a tortilla ou com um rolo, abra cada disco por volta de 10/15cm (uso papel manteiga para não grudar na máquina ou rolo). Não coloque uma em cima da outra. A não ser com um pedaço de papel manteiga entre elas.
Coloque uma tortilla na frigideira e cozinhe por cerca de 1 minuto, até formar pequenas bolhas na parte superior e manchas marrons na superfície inferior.  Vire e cozinhe do outro lado por cerca de 30 segundos.
Retire da panela e empilhe as tortillas cozidas, num pano de prato limpo. (Isso as manterá macias e quentinhas)
Sirva imediatamente ou deixe esfriar para uso posterior. As tortilhas podem ser armazenadas por 2-3 dias na geladeira num saco tipo ziploc.

 

Pão de Queijo de Forma

Primeira vez que eu faço esse tipo de pão de queijo e todos daqui de casa, adoraram. Principalmente minha filha Sienna! Por ela, só comeria pão de queijo todos os dias. Mas também, como não gostar?

Esse processo acaba sendo muito mais fácil, pelo fato de não precisar ficar enrolando um por um. É vapt-vupt!

Ingredientes
3 xícaras de polvilho doce (tapioca starch, tapioca flour)
1 xícara de leite
1/2 xícara de óleo
Sal a gosto
3 ovos
200 g de mussarela em pedaços
1 colher de sopa de fermento em pó (baking powder)
Queijo parmesão para polvilhar

Modo de Preparo
Bata no liquidificador o óleo, o leite, os ovos e o sal.
Adicione a mussarela e bata mais até desmanchar.
Passe a mistura para uma tigela, adicione o polvilho e misture.
Por último junte o fermento e levemente misture-o.
Unte uma forma com cone no centro e polvilhe um pouco de queijo parmesão,
Derrame a massa na forma, polvilhe mais um pouquinho de queijo parmesão. Asse em forno prequecido 180C/ 350F por uns 20 a 30 minutos.